Notícias: Avaliação de Campos Eletromagnéticos

Avaliação de Campos Eletromagnéticos

A existência de campos eletromagnéticos tornou-se uma parte integral do nosso quotidiano, uma vez que estes são produzidos sempre que há um fluxo de corrente elétrica. São gerados e utilizados em muitas atividades de trabalho, incluindo processos de fabrico, investigação, comunicação, aplicações médicas, produção de energia, transmissão e distribuição, radiodifusão, navegação aeronáutica e marítima, e segurança.

Apesar de na maioria dos casos as intensidades dos campos eletromagnéticos não provocarem efeitos adversos, em alguns locais de trabalho as intensidades podem estar a níveis que provocam riscos, nomeadamente:

… Sobreaquecimento do corpo e correntes nos membros;

… Estimulação dos músculos, nervos ou órgãos sensoriais;

… Interferência em equipamentos e instrumentos médicos eletrónicos (ex.: pacemaker)

… Projeção de objetos ferromagnéticos e disparo de detonadores elétricos

… Incêndios e explosões

… Correntes de contacto

Nestes casos é necessário garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores.

A Lei n.º 64/2017, de 7 de agosto, determina que nas atividades suscetíveis de apresentar riscos de exposição a campos eletromagnéticos, o empregador deve avaliar esse risco e, se necessário, medir ou calcular os níveis dos campos eletromagnéticos a que o trabalhador se encontra exposto.

A XZ Consultores, S.A., através do seu laboratório de ensaios, efetua esta avaliação.

Solicite-nos uma proposta ou uma reunião de trabalho. AQUI

<< Voltar << Anterior     Proximo >>