Sistemas de Gestão [SG]

INTERNACIONALIZAÇÃO

Contexto

Estamos perante uma clara implantação da globalização na economia mundial, com todos os aspetos positivos e negativos que representa.
Este fenómeno faz-se sentir a vários níveis (cultural, social, politico, ambiental, económico, financeira, comercial, tecnológico, entre outros) e tem afetado de forma clara os mercados nacional e internacional.

Hoje em dia, a internacionalização assume formas tão diversas como o comércio intraempresa (característico das empresas multinacionais), os investimentos cruzados entre empresas de diversos países e vários tipos de acordos de cooperação industrial ou comercial em que participam empresas de diversas dimensões, empresas financeiras, governos, instituições supranacionais, etc.

É ainda notória a aposta clara do Governo Português no incentivo à Internacionalização das empresas portuguesas, não só através do seu discurso, mas também através da Restruturação e Reorientação dos fundos estruturais para esta área.


A Internacionalização das empresas

Atualmente, para as empresas, o processo de internacionalização é ao mesmo tempo bastante atrativo, mas também complexo.

Devido à exiguidade dos mercados domésticos, a maioria das empresas procura processos de internacionalização para crescer em termos de mercado, ter acesso a novos recursos e/ou recursos mais baratos e aumentar a rentabilidade das suas atividades.

No entanto, com o aumento da concorrência internacional e o crescimento exponencial da informação disponível para as empresas, as decisões e opções estratégicas tornam-se cada vez mais complexas, obrigando a uma aprendizagem contínua.

Assim, para a maioria das empresas o processo de internacionalização apresenta as seguintes dificuldades:

  • Falta de experiência na gestão de atividades internacionais.
  • Formação insuficiente para desenvolver estratégias de sucesso nos mercados.
  • Falta de formação e alinhamento dos RH das empresas.
  • Dificuldade em encontrar clientes ou parceiros no exterior.


Estrutura do Plano de Formação/Consultoria

Neste contexto, deverá ser desenvolvido um Plano de Formação e Consultoria, que alinhe e prepare toda a Organização para o processo de internacionalização.

Desta forma irá conseguir-se potenciar o envolvimento de toda a organização, centrando-se toda a intervenção na resolução dos problemas concretos e internos de cada empresa.

A formação irá potenciar a consolidação da aprendizagem dos participantes, analisando e aplicando os conhecimentos adquiridos na resolução desses mesmos problemas e no desenvolvimento dos projetos definidos, com o devido acompanhamento de consultores e com o estabelecimento de processos e respetivos procedimentos internos.

Plano de Formação *1
M1. Abordagem aos Mercados Internacionais
M2. Internacionalização
M3. Marketing Internacional M4. Questões Práticas sobre Exportação / Internacionalização
*1 Selecione o(s) módulo(s) adequado às suas necessidades (08H/módulo)

----------------------------------

Plano de Consultoria*2

Será realizada uma intervenção de 50 horas de consultoria no interior da Organização onde serão tratadas as seguintes questões:

1.º Diagnóstico geral da Organização (Área financeira, Clientes, Processos Internos e Recursos Humanos);

2.º Elaboração e implementação de Plano de Internacionalização:

  • Escolha dos mercados-alvo;
  • Estudo da forma de entrada no mercado;
  • Marketing internacional (Produto/Serviço; Preço; Comunicação e Distribuição);
  • Alinhamento dos Recursos Humanos;
  • Reengenharia de Processos, para potenciar a eficiência empresarial;
  • Assessoria ao estabelecimento de Parcerias e Negócios.

*2 A duração da Consultoria dependerá do resultado do Diagnóstico Geral realizado (7 dias/07H dia)