• Curso de Manuseamento de Gases Fluorados

    Data de Início: Setembro    |    Duração: 60H *    |    Local de Formação: Braga    |    Valor: 554€

    Duração: 60H (formação teórica + formação prática em laboratório)

    Descontos:


    • 10% Desconto para 2 ou mais inscrições
    • 10% Desconto para membros da OET
    • Descontos não acumuláveis

     Introdução:

    Em 1997 foi adotado o Protocolo de Quioto, no âmbito do qual a Comunidade Europeia se comprometeu a reduzir as suas emissões de GEE Gases com Efeito de Estufa, (categoria na qual se inserem os gases fluorados). Para que este objetivo seja atingido, estabeleceram-se regras em matéria de confinamento, utilização, recuperação e destruição de gases fluorados com efeito de estufa e em matéria de medidas auxiliares conexas. Foi necessário criar uma série de normas e regulamentos no âmbito da Comissão e do Parlamento Europeu, no sentido de obrigar a que todos os países da CE implementassem legislação nacional, para que a redução das emissões dos gases fluorados, se torne efetiva.

    Destinatários

    Os técnicos que procedem a intervenções em determinados equipamentos contendo gases fluorados com efeito de estufa têm obrigatoriamente de possuir qualificações técnicas de acordo com o estabelecido pela regulamentação europeia e legislação nacional.

    Objetivos

    Formação para a certificação de competências dos técnicos, para a manipulação de sistemas de refrigeração e equipamentos de climatização, com qualquer carga de refrigerante fluorado, tal como definida no Regulamento (CE) n.º 842/2006, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 17 de Maio. Relativo a determinados gases fluorados com efeito de estufa, bem como, os respetivos regulamentos de desenvolvimento. Entretanto este Regulamento foi revogado pelo Regulamento (UE) n.º 517/2014, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 16 de Abril.

    No final da formação, os formados deverão:


    • Ter adquirido conhecimentos aprofundados da legislação aplicável, nacional e europeia;
    • Conhecer e prevenir os riscos ambientais e pessoais, durante o manuseamento de fluídos HFC;
    • Executar as operações de acordo com as boas práticas, normas e regulamentos de forma a evitar vazamentos para a atmosfera;
    • Detetar fugas por métodos diretos e indiretos;
    • Realizar ensaios de verificação ao sistema de refrigeração;
    • Ter adquirido uma maior consciência ambiental salvaguardando as pessoas, equipamentos e ambiente;
    • Conhecer o sistema básico de unidades de, temperatura, pressão, massa, densidade e energia;
    • Com     preender a teoria básica dos sistemas de refrigeração;
    • Termodinâmica básica;
    • Descrever a função dos principais componentes dos sistemas de refrigeração;
    • Executar ligações de tubos e componentes por brasagem em ambiente inerte;
    • Realizar operações de recolha e enchimento de fluídos frigorígenos;
    • Realizar operações de manutenção e reparação dos diferentes componentes e sistemas de refrigeração.

    Conteúdos Programáticos

    Módulo 1. Termodinâmica I (noções de temperatura, pressão, massa, densidade e energia):

    • Transmissão de calor e transformação da matéria;
    • Termodinâmica II (propriedades e transformações termodinâmicas dos refrigerantes, a identificação das misturas zeotrópicas e os estados dos fluidos).

    Módulo 2. Sistemas básicos de refrigeração:

    Função dos principais componentes (Compressores; condensadores; Válvula de expansão; pressostatos de alta e baixa; Válvula de solenoide; Filtro desidratador; Visor de líquido; separador de óleo; Separador de líquido, (termos chave, parâmetros e processos como subarrefecimento, alta pressão, calor de compressão, baixa pressão, sobreaquecimento etc.).

    Módulo 3. Fluidos, tabelas e diagramas:

    Utilizar as tabelas e os diagramas e interpretá-los no contexto de um controle de fuga indiretos (incluindo a verificação do sistema): diagrama log p/h, tabelas de saturação de um refrigerante, diagrama de um ciclo refrigeração por compressão simples.

    Módulo 4. Componentes:

    Utilização, aplicação e manuseio dos componentes utilizados num sistema de refrigeração assim como o seu papel e a sua importância.

    Módulo 5. Compressores:

    • Funcionamento básico de um compressor;
    • Tipos de compressores.

    Módulo 6. Condensadores

    Módulo 7. Evaporadores

    Módulo 8. Mecanismos de expansão

    Módulo 9. Tubagem

    Módulo 10. Soldadura (Brasagem) em ambiente inerte

    Módulo 11. Limpeza da tubagem

    Módulo 12. Procedimentos do vácuo

    Módulo 13. Procedimentos de carga e recolha de fluidos

    Módulo 14. Deteção verificação de fugas

    Módulo 15. Impacto Ambiental

    Módulo 16. Controlos pós-arranque dos sistemas de frio

    Módulo 17. Legislação e regulamentação Nacional e Europeia:

    1. Decreto lei DL 56/2011 de 21 de Abril;
    2. Regulamento (CE) n.º 842/2006, revogado pelo, Regulamento (UE) n.º 517/2014 de 16 de Abril, aplicável a de 1 de Janeiro de 2015;
    3. Regulamento (CE) n.º 303/2008.

    Módulo 18. Higiene e Segurança

    Módulo 19. Elaboração de relatórios de intervenção e comunicação de dados

     

    << Voltar Inscreva-se